Programa do Festival

8 junho | 9 junho | 10 junho

 

8 de Junho

Prova Oral

19:00 

Palco Jardim, Jardim Henriqueta Maia

Programa Prova Oral, emitido de segunda a sexta, das 19:00 às 20:00. No dia 8 de junho, o programa será transmitido em direto na emissão da rádio do Rádio Faneca, em 103,9 FM, na Antena 3 e nas emissões online das duas. Acontece no Palco Rádio, no Jardim Henriqueta Maia.
Moderação: Fernando Alvim
Convidados: ManelCruz, Luis Sousa Ferreira, João Vaz Silva, Maria Inês Santos

Manel Cruz

22:30 

Palco Jardim

Ainda não acabou. Não há como escapar ao clichê. Manel Cruz regressou em força para dizer que ainda tem muito para dizer. “Beija-flor” e “Ainda não acabei” são os dois singles de estreia do seu novo disco, com lançamento marcado para abril, dois meses antes de encabeçar a primeira noite de Rádio Faneca. Começou nos Ornatos Violeta, continuou nos Pluto, nos SuperNada, em Foge Foge Bandido e, em 2015, parou para descansar da poesia dos nomes e foi só Manel Cruz em Estação de Serviço. Ei-lo de volta à estrada, de depósito cheio e outras viagens para cantar.

Dj 20_age

00:00

Palco Jardim

DJ 20_Age é ele próprio um Rádio Faneca humano: tem rádio, música e vários projetos. Falamos de Fernando Alves, dj e locutor da Rádio Universidade de Coimbra. Melómano por vocação, comprou o primeiro CD ainda sem ter aparelhagem para o ouvir. Desde então, a coleção tem vindo a ocupar várias divisões lá em casa. Passou música pela primeira vez ainda não tinha atingido a maioridade. Consta que foi usada uma mota sem cano de escape para fazer “misturas”. Gosta de partilhar versões inusitadas e fazer dançar os outros com remisturas melhores que alguns originais, num universo sonoro abrangente q.b.

8 junho | 9 junho | 10 junho

9 de Junho

Razão de Ser

11:00 

Palco Rádio, Jardim Henriqueta Maia

Programa Razão de Ser, emitido ao sábado, das 11:00 às 12:00, na Antena 3. No dia 9 de junho será emitido em direto do Palco Rádio, no Jardim Henriqueta Maia, no Festival Rádio Faneca 2018, e transmitido em 103,9 FM, na Antena 3 e nas emissões online das duas.
Moderação: Mariana Oliveira
Convidado: Luis Sousa Ferreira

MOTIV

16:00 

Viela do Professor

Inês Vaz toca acordeão, Múcio Sá guitarra portuguesa e Miguel Majer é o homem da percussão. MOTIV nasce da fusão entre dois mundos: o da lusofonia e o do acordeão. É uma viagem através de um espectro de sons que vão desde o fado ao jazz, da música tradicional ao tango. A fusão das várias influências destes três músicos, que tocam juntos há muitos projetos, culmina numa sonoridade única.

Casa Aberta

coordenação de Yola Pinto

19:00 

Centro Histórico de Ílhavo

O Festival Rádio Faneca e a comunidade que o coorganiza já não vivem sem o projeto Casa Aberta. As casas do centro histórico de Ílhavo abrem as suas portas para receber amigos e desconhecidos que se rendem aos petiscos, costumes e conversas ilhavenses. O convite é para a festa e para o convívio, mas também para a fruição artística. Este ano, é a artista Yola Pinto que desafia os anfitriões de cada casa a criar uma performance para a noite da Casa Aberta: Sei que nem sempre é fácil falar de nós. Minto, normalmente é bastante difícil até. Porque não há tempo para isso, porque parece sempre uma pequena desnecessidade, porque não se reconhece nessa reflexão um objetivo” Este ano, a proposta é a de falar deste lugar através dos corpos que o habitam, nas suas semelhanças enquanto colectivo, das suas particularidades enquanto indivíduos: “abrir as portas das nossas casas é também – se não, acima de tudo – disponibilizarmo-nos ao outro, dar-lhe um pouco de nós. Vamos falar de Ílhavo através dos corpos que o habitam”

Cais Sodré Funk Connection

22:30 

Palco Jardim

O nome já o adianta. Os Cais do Sodré Funk Connection nasceram no bairro boémio de Lisboa e são a banda residente de um dos bares mais aclamados da sua rua: o Musicbox. Apaixonados pelo funk e a soul, a banda dedica-se a recriar o som e o ambiente dos clássicos da Motown, Stax, Chess Records e outras editoras míticas das décadas de 60 e 70, com a dedicação e energia de uma verdadeira celebração. Todos acumulam projetos e vêm de bandas como os Cool Hipnoise, os Orelha Negra, Mr Lizard, Afonsinhos do Condado, Sam the Kid, Spaceboys, Cacique 97 ou Sitiados. Sabem bem o que fazem.

Tarde livre com Fausto da Silva

14:00 

Palco Rádio

Tarde Livre: viagens sonoras sem destino programado. Tendo Portugal como referência, mas dando a volta ao mundo. Fausto da Silva, autor do programa Santos da Casa, na RUC, assume as vias da emissão da Rádio Faneca, num programa que é de tarde livre, mas tem a escola toda.

Tomara

17:00 

Travessa Filarmónica Ilhavense

Filipe Monteiro toca piano, órgão e guitarra desde pequeno. Licenciou-se em Design de Comunicação, mas o seu grande (per)curso tem sido na música. Depois de muitos anos de criação em banda ou de produção musical, em discos de Márcia e Rita Red Shoes, decidiu seguir a solo. Tomara é um passo em frente, uma nova aventura sob um alter-ego. “Favourite Ghost” foi editado em Setembro de 2017 e em junho assombra um dos becos do Centro Histórico de Ílhavo.

Bingo! com João Moreira e Pedro Santo

19:00 

Palco Rádio

João Moreira e Pedro Santo (guionistas de Bruno Aleixo) sorteiam assuntos de atualidade numa tômbola e ralham um com o outro durante uma hora, à frente de toda a gente.

Dj Renato Alexandre

00:00 

Palco Jardim

A famosa playlist “Renato Alexandre” – sorteando os 99 maiores sucessos musicais dos últimos 40 anos – é apresentada por dois indivíduos com autorização oficial para isso.

Psychtrus

15:00 

Travessa da Filarmónica Ilhavense

Os Psychtrus surgem com nome de citrino alienado para devolver o verão aos dias. Indie rock fresco, solarengo e viciante, é assim que os ensacam. Para se darem a beber, vão espremer o sumo de nomes como Mac Demarco, The Growlers, King Gizzard e Unknown Mortal Orchestra.

Ermo

18:00 

Viela do Professor

Ermo é um jovem duo de música eletrónica português. O seu som já foi apelidado de ‘intervencionista’, descrevendo o estilo da banda como pop mergulhado em hip-hop e footwork com uma gíria pós-punk. O seu novo disco, “Lo-fi Moda”, retrata o comportamento humano, engolido pelo mundo digital, como uma metáfora para vaidade, auto-validação e narcisismo. É a primeira edição major dos Ermo e a sua confirmação enquanto magnatas do incomum

The Bookkeeprs

21:30 

Palco Rádio

Os The Bookkeepers foram os vencedores do Concurso de Bandas Rádio Faneca. Os guarda-livros exploram a musicalidade de poemas para a criação da teia sonora. As cores emprestadas pelos poemas são a base da criação musical. As músicas nascem do mar e crescem em terra. Rock n’ Read!

8 junho | 9 junho | 10 junho

10 de Junho

Mercadinho de Vendas e Trocas

10:00 

Jardim Henriqueta Maia

À semelhança dos anos anteriores, o Rádio Faneca promove o Mercadinho de Vendas e Trocas. Um convite para toda a família, no qual as crianças e jovens dos 4 aos 15 anos podem trazer brinquedos, livros ou outros objetos para trocarem ou venderem por um valor máximo de um euro. O mercadinho acontece em pleno Jardim Henriqueta Maia, onde decorrem diversas atividades do festival.

Dirigido a famílias com crianças dos 4 aos 15 anos
As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até ao dia 8 DE JUNHO
Valor máximo por objeto: €1,00

FICHA DE INSCRIÇÃO aqui: goo.gl/zHjwhZ
(preencher e enviar para mediacao.23milhas@cm-ilhavo.pt ou entregar na Casa da Cultura de Ílhavo ou na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré; em alternativa, contactar pelo telefone 234 397 260)

Orquestra da Bida Airada

coordenação onda amarela

17:00 

Palco Jardim

2018 é o ano de lançamento de uma coletânea das canções que passaram pelo palco do Rádio Faneca na voz, nos instrumentos e na alma inconfundível da Orquestra da Bida Airada. O espetáculo junta as memórias, criando novas, de cinco anos de um projeto que não podia ser mais ilhavense.

Auto Rádio com Benjamim

14:00

Palco Rádio

Benjamim transporta imprevisibilidade e incoerência no seu Auto Rádio, que leva para a rádio do Rádio Faneca na sua velha carrinha de 96. O escritor de canções e produtor escolhe música para dançar numa tarde de domingo.

Local Affairs com Birds are Indie

18:30 

Palco Rádio

Os Birds are Indie fazem parte do arquivo do Rádio Faneca. Em 2015, atuaram na Travessa dos Sete Carris e tornaram-se parceiros no crime do festival. Desta vez, o palco é outro: a rádio. O seu novo disco “Local Affairs” será cantado, falado e emitido na frequência da Rádio Faneca e para todo o Jardim Henriqueta Maia. Joana Corker, Henrique Toscano e Ricardo Jerónimo cantam cumplicidades e falam-nos desses, deste e de outros amores.

Codcast com Samuel Úria

15:00 

Palco Rádio

A continentalidade de Portugal está presa por arames. O passado, mais ou menos glorioso, garante que somos rodeados de mar por todos os lados, e que acercámos o mundo inteiro com esta solução aquosa lusa. As canções, tal como a nossa História, podem ser aventureiras, balneares e piscatórias. O Codcast trará música aos ouvidos e água aos corações. Será um sermão dos bacalhaus ao Padre António Vieira; aquilo que Variações cantaria entre Braga e Oslo. “Passar discos e meter água”. Que slogan horrível. Felizmente é verdadeiro.

Luís Severo

21:30

Aquário dos Bacalhaus do Museu Marítimo de Ílhavo

Cão da Morte. Parece assustador, mas é só o passado sombrio de Luís Severo, que escreve e canta, desde os 16 anos, canções de amor, tristeza e purga. Em 2015, decidiu dar a ‘Cara D’Anjo’ e fê-lo com uma voz mais distinta. Em 2017, já próximo a Alvalade e à boa gente dos Capitão Fausto, editou o seu segundo discos de originais, homónimo, pela boa companhia da editora Cuca Monga. Os poemas de amor de Luis Severo pedem um canto diferente, por isso fecha o Festival Rádio Faneca deste ano num concerto intimista no Aquário dos Bacalhaus do Museu Marítimo de Ílhavo.

8, 9 e 10 de Junho

Histórias nos Becos

coordenação de Ana Lúcia Palminha

08 de junho – 10:00; 11:00; 14:00; 15:00; 21:00 (apenas 2 histórias);

09 de junho – 10:00; 11:00; 15:00; 16:00; 21:00 (apenas 2 histórias);

10 de junho – 10:00; 11:00; 14:00; 16:00;

“Não haverá nunca distância suficiente entre nós e os monstros que nos habitam”. Os monstros povoam os nossos medos e habitam os espaços onde tradicionalmente os pavores se escondem. O que seria dos monstros (e dos medos) se um dia ficassem sem lugares onde assombrar? Se a Maria Gancha tivesse de fugir do seu poço envenenado, se as Moiras Encantadas vissem incendiados os seus montes sem que os seus encantamentos fossem quebrados, se o habitat dos Tardos e Lobisomens estivesse tão poluído que não pudessem correr o seu fado por essas madrugadas fora? Do Bestiário Tradicional Português para as ruas das nossas povoações, as criaturas que assombraram os nossos avós encontram agora problemas que nunca imaginaram enfrentar: um mundo poluído tão inóspito que nem os monstros é capaz de acolher. Quatro peças, quatro intérpretes, todos os monstros da nossa tradição.

Ílhavo a transmitir alegria

Exposição sonora

10:00-18:00

Ílhavo a transmitir alegria desde a primeira edição do Festival Rádio Faneca, em 2012. Vamos ao arquivo: as vivências, as novas memórias, as velhas histórias recontadas, os cruzamentos entre a arte e a comunidade e de tudo o que os becos deram ao Festival Rádio Faneca é a proposta desta exposição sonora, em que convidamos o visitante a envolver-se nos becos, convocando as memórias e as experiências que transformam a cidade de Ílhavo num palco de cultura, história e tradição.

Casa das Brincadeiras

08 e 09 de junho  10:00 – 18:00

10 de junho 11:00 – 18:00

Jardim Henriqueta Maia

A Casa das Brincadeiras é uma loja pensada e feita de cartão em que nada se vende, mas tudo se faz. Os mais novos são convidados a construir fruta, iogurtes, legumes ou aquilo que acham que faz falta. Na praça também há aventura. “Empurro eu, empurras tu” – carrinhos que afinal são uma mota, um banco ou um sofá e as mãos são as dos mais pequenos, até porque sozinho não dá.

Jogos do Hélder

10:00 – 18:00

Feitos de materiais tão simples como madeira ou corda, os Jogos do Hélderw usam apenas a energia mais acessível do mundo: a humana. Os jogos, muitos de inspiração medieval, são construídos pelo próprio Hélder, e famosos por terem a notável capacidade de divertir pessoas de todas as idades. Dos mais pequenos aos idosos, neste Rádio Faneca todos são desafiados a brincar no jardim.